Morre, aos 42 anos, o cineasta Cássio Pereira dos Santos

Cássio foi o diretor do filme 'Valentina', gravado em 2020 e premiado na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

Cássio Pereira dos Santos – Foto: Reprodução/Instagram
Cássio Pereira dos Santos – Foto: Reprodução/Instagram

O cineasta Cássio Pereira dos Santos morreu, aos 42 anos de idade, em Uberlândia, Minas Gerais, na última sexta-feira (30). A notícia foi confirmada neste sábado (1), no Instagram da atriz Guta Stresse, que trabalhou com ele no premiado longa Valentina (2020). Até o momento, a causa da morte não foi divulgada pelos parentes.

“É com muito pesar que nos despedimos desse pequeno gigante, Cássio Pereira dos Santos, diretor de Valentina e de outros filmes, todos com a marca desse diretor generoso, talentoso e acertivo. Amigo, irmão, filho querido. Um coração enorme, deixa a nós todos, que trabalhamos com ele, e a sua família tão querida, meio órfãos e atônitos. Descanse em paz, Cássio querido, que os anjos te recebam e te levem para o colo do Criador.

“Maria Mãe Santíssima te acolha em seu amoroso colo e volte os misericordiosos olhos para todos nós, Grande Advogada Nossa, a Vós recorremos nesse vale de lágrimas. Salve Cássio Pereira dos Santos! Cassim querido, muita luz. Que sua passagem seja iluminada!! Força e carinho para sua família e para nós todos do lado de cá”, escreveu a atriz em uma foto ao lado de Cássio.

Guta fala que Cássio tinha uma enorme sensibilidade

Por meio de um vídeo, Guta falou mais sobre o cineasta. “Hoje é um dia bem triste para mim, ontem perdemos um grande amigo, o Cássio, diretor, idealizador e roteirista de Valetina. Ele tinha uma sensibilidade gigante”, disse ela, que relembrou as gravações do longa.

“Cássio, nossa, cada dia me surpreendia mais por ser tão assertivo, saber o que queria, dominar o set. Muito generoso, gentil e carinhoso”, concluiu. O cineasta morava em Minas Gerais, na cidade onde faleceu. Até agora, ninguém sabe se ele estava sofrendo de alguma doença.