Diretor de Harry Potter revela desinteresse em se juntar à série do Max

Ron, Harry e Hermione, em Harry Potter
Harry Potter (Reprodução: Warner Bros. Pictures)

A série pré-encomendada de Harry Potter terá de reformular não apenas seu time de atores, mas sua equipe técnica, que aparentemente, não estarão inclusos na produção inédita, como um dos famosos diretores da franquia, David Yates, que não parece nem um pouco interessado em se unir ao título para o Max.

Confirmada durante o primeiro semestre deste ano, o programa acompanhará novamente, a jornada de Harry, Ron, Hermione e companhia, nos corredores de Hogwarts e além. E mesmo que este tipo de experiência mágica pareça especial, o cineasta por trás de quatro filmes de Harry Potter e as três parcelas de Animais Fantásticos, conta ao ComicBook por que não deve se juntar à equipe do show.

“Sinceramente, eu não poderia, de nenhuma maneira concebível, me envolver nisso. Eu simplesmente passei muito tempo naquela escola, naqueles corredores e naquelas salas de aula, e guardarei essa experiência com carinho. Mas voltar e fazer um ou dois anos, para mim, que sinto que não parece certo. Eu deixei isso. […] fazer um drama, para mim, no momento, é mais atraente do que passar pelos sagrados portões de Hogwarts.”

Além de David Yates, o próprio intérprete do bruxo titular, Daniel Radcliffe, também já revelou que não têm interesse em uma participação especial na reformulação. A série de Harry Potter está prevista para sete temporadas, com cada ano se baseando em um livro. Sem nenhuma data de estreia, diretores ou roteiristas envolvidos, a produção executiva está a cargo da própria autora dos livros, J.K. Rowling.