Diretor do derivado de Jogos Vorazes comenta sobre momentos brutais do filme

Cineasta prova "banho de sangue" em competição

Lucy Gray e Snow em Jogos Vorazes
Jogos Vorazes: A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes (Reprodução: Lionsgate)

Há poucos meses para o lançamento de A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes, Frances Lawrence, diretor dos filmes de Jogos Vorazes e do novo prelúdio, faz provocações sobre o que está por vir nos momentos mais brutais do derivado, incluindo às infames cenas da arena da competição da franquia.

Em entrevista para uma nova edição da revista Empire, o cineasta que já está envolvido há anos no universo, relembra dos momentos das gravações do spin-off de Jogos Vorazes, e ainda ressalta que na mesma época, Rachel Zegler (Lucy Gray, Tributa do Distrito 12) estava gravando o live-action de Branca de Neve, simultaneamente.

“Chamamos a abertura desses jogos de ‘banho de sangue’. [Lucy] enfrentará exatamente isto quando entrar nos jogos. Ela saía do set de gravações machucada quase todos os dias, mas essas qualidades de lutadora serão evidentes no corte”, afirma o diretor, referindo-se à posição poderosa de Gray quanto aos jogos.

Contando com sua direção assinada por Francis Lawrence, mesmo cineasta por trás dos filmes de Jogos Vorazes, além de Rachel Zegler e Tom Blyth nos papeis de grande destaque, o elenco de atores também terá Viola Davis como a perversa Dr. Volumnia, Hunter Schafer como a jovem Tigris Snow e Peter DinklageA Cantiga dos Pássaros e das Serpentes estreia em 15 de novembro de 2023.