Stephen Amell é visto nas ruas a favor da greve dos atores, após declarar que não concordava

O ator justificou anteriormente que se expressou mal e mostrou ser a favor do ato.

Stephen Amell na greve dos atores
Reprodução/Deadline

Stephen Amell aparece em imagens na manifestação dos atores em Nova York. A greve iniciou no começo do mês passado e o sindicato norte-americano segue buscando por decisões melhores nas contratações dos profissionais.

O ator se complicou em um comentário sobre a greve dos atores. O ator levantou um posicionamento negativo em relação a decisão do sindicato nos Estados Unidos e foi massacrado por internautas nas redes sociais. Após isso, ele se pronunciou no Instagram voltando atrás de sua posição.

O intérprete do personagem Arrow comenta na Galaxycon que é contra o ato da greve e confessa: “acho que é uma tática de negociação redutiva, e acho que é incrivelmente frustrante”.

Através de seu Instagram, ele volta atrás depois dessa repercussão e explica: “Estou revelando o que eu falei com clareza/contexto para me certificar que meus sentimentos não serão intencionalmente mal-interpretados”.  O ator diz que está do lado do sindicato e diz que apesar de não gostar de fazer greves, é necessário que essa aconteça.

Pelo que os atores reivindicam na greve?

O Sindicato de Atores de Hollywood busca por melhores condições de salário e um pagamento justo com base nos royalities, uma das principais motivações da greve dos atores. Dentro desse movimento, participam dubladores, atores da TV, do cinema, apresentadores e entre outros. Os roteiristas estão em greve desde maio deste ano.

As exigências dos atores em relação aos novos contratos não foram aceitas e esse foi um dos principais motivos da greve. Eles enfatizaram que gostariam de receber justamente, assim como os roteiristas também alegam, os royalties de distribuição dos projetos. Ou seja, uma parte além do salário que envolve a repercussão das produções que eles participam.

Outra reivindicação dos artistas envolvem o aumento do uso de Inteligência Artificial. Existe uma insegurança quanto a perder o controle dos direitos de seu uso de imagem, com a evolução dessa ferramenta e suas construções.