Ubisoft defende preço elevado de Skull and Bones

Com versões confirmadas para PC, PlayStation 5 e Xbox Series X|S, Skull and Bones promete uma experiência online envolvente feita pela Ubisoft

Ubisoft defende preço elevado de Skull and Bones

No aguardado lançamento de Skull and Bones, agendado para 16 de fevereiro, a Ubisoft adota uma estratégia monetária ousada, marcada por um preço inicial de R$ 249, juntamente com a inclusão de diversas microtransações, um Passe de Batalha e uma moeda Premium. Essa abordagem, conforme explicado pelo CEO da Ubisoft, Yves Guillemot, reflete a visão da empresa de considerar o jogo como um “Quadruplo-A”.

Em uma reunião com investidores, Guillemot respondeu a questionamentos sobre o potencial impacto dos preços elevados do jogo na base de usuários. Ele sustenta que Skull and Bones oferece uma experiência rica e completa, e que o sucesso a longo prazo virá à medida que os jogadores reconhecerem esse valor.

A surpreendente natureza da pergunta sobre os preços de Skull and Bones destaca sua singularidade. Normalmente, os acionistas se preocupam mais em como um jogo pode maximizar seus lucros do que se o preço de entrada é muito alto. Isso sugere uma certa falta de confiança no potencial de sucesso do título.

Enquanto o lançamento oficial ainda está por vir, a Ubisoft já está permitindo que os jogadores experimentem uma versão de teste gratuita de Skull and Bones. Até 11 de fevereiro, os interessados podem explorar o jogo até o nível Infâmia Bandoleiro, com a promessa de transferir seu progresso para a versão completa.

Além disso, a desenvolvedora oferece recompensas exclusivas para aqueles que participam do último Beta do jogo. Com versões confirmadas para PC, PlayStation 5 e Xbox Series X|S, Skull and Bones promete uma experiência online envolvente, apostando no crossplay para enriquecer sua comunidade de jogadores.