Madonna se emociona ao falar pela primeira vez sobre coma: “Não sabia se conseguiria sobreviver”

Madonna fez uma pausa emocionada para expressar sua apreciação às enfermeiras e médicos, ressaltando que sua vida não terminaria na UTI.

Madonna - Foto: Reprodução / Instagram @madonna
Madonna – Foto: Reprodução / Instagram @madonna

A icônica cantora Madonna, de 64 anos, compartilhou detalhes impactantes de sua luta contra uma grave infecção bacteriana que a levou ao coma em 2023. Durante um show no Madison Square Garden, em Nova York, na noite de quarta-feira (31), a estrela falou pela primeira vez sobre o momento crítico de sua saúde, expressando gratidão pela recuperação e homenageando a enfermeira que desempenhou um papel crucial em sua convalescença.

Madonna confessou à plateia: “No último verão eu fiquei muito doente, foi uma daquelas coisas loucas que acontecem só com 4% da população, mas é claro que iria acontecer comigo“. Ela revelou o temor de não sobreviver, enfatizando sua gratidão pela equipe médica que a atendeu no Hospital Lenox Hill, em Nova York.

A cantora fez uma pausa emocionada para expressar sua apreciação às enfermeiras e médicos, ressaltando que sua vida não terminaria na UTI. Ela reconheceu a dedicação desses profissionais e, em especial, dirigiu palavras emocionadas à enfermeira Marie Carrero.

Madonna conversa com fãs durante turnê

Madonna descreveu Marie como uma figura essencial, indo além do dever profissional ao acompanhá-la da UTI para casa. A cantora compartilhou momentos íntimos, agradecendo a Marie por sua presença constante e cuidado incansável. Entre lágrimas, Madonna destacou a importância dessa enfermeira excepcional em sua recuperação.

A cantora revelou diálogos tocantes durante sua convalescença, enfatizando a força transmitida por Marie. “Você é uma menina forte, você vai conseguir“, eram palavras que ecoavam nas interações entre ambas. Madonna reconheceu a dedicação incomparável de Marie, desde o chuveiro até os momentos mais delicados.

O show transformou-se em um tributo emotivo, com a “rainha do pop” finalizando a homenagem: “Essa música é para você e é bom você cantar junto“. O relato sincero e a gratidão profunda tocaram a plateia, ressaltando a vulnerabilidade e a força por trás da inigualável Madonna.