Letícia Spiller aproveita férias na Disney com os filhos dias após a morte do pai

Letícia Spiller compartilha momentos especiais com a filha e o filho em férias no Magic Kingdom, nos Estados Unidos

Letícia Spiller ao lado dos filhos na Disney - Instagram @arealspiller
Letícia Spiller ao lado dos filhos na Disney – Instagram @arealspiller

Leticia Spiller está vivenciando dias de alegria e encanto na Disney, mesmo após a recente perda de seu pai, Mauro Spiller, aos 98 anos, há dois dias. A atriz aproveita a viagem ao famoso parque Magic Kingdom, acompanhada pela filha caçula, Stella, de 12 anos, e pelo filho Pedro Novaes, de 27, fruto de sua união com Marcello Novaes.

A viagem, que é a realização de um desejo de Stella, tornou-se um momento especial para a família. Leticia compartilhou que sempre procura aproveitar as férias para criar novas memórias com seus filhos. “Eu sempre procuro ter esse momento com os meus filhos. Gosto de aproveitar esse período das férias para estarmos juntos e criando novas memórias. Stella fez aniversário neste mês e era um desejo dela passar a data na Disney“, revelou a atriz através das redes sociais.

Leticia se mostrou bastante empolgada durante o passeio. “Adoro os brinquedos, a magia que existe nesse mundo encantado. Pedro nos encontrou já aqui e pudemos ficar grudados estes dias”, explicou a atriz, que fez questão de registrar o tradicional momento em frente ao Castelo da Cinderela, famoso ponto do parque.

Letícia Spiller lamentou a morte do pai

A atriz lamentou a morte de seu pai, Mauro Spiller, nas redes sociais na última segunda-feira (29/01). A atriz emocionou os seguidores ao compartilhar um vídeo em que mostra diversos momentos ao lado de Mauro em uma linda homenagem

Spiller usou o perfil de seu Instagram para publicar a notícia: “Existe algo que é eterno para além do corpo impermanente. E esse algo é um estado permanente de enamoramento e encantamento. É um caminho onde todos os pedaços e caminhos se encontram . Aqueles a quem a alma abarca, soma e cuida Esses pedaços estão espalhados, cada um em seu mundo”, começou ela.

Mas juntos eles fazem parte do todo que há em mim. O que importa é o agora, mas não esse agora que é mutável a cada segundo. Mas o agora da única certeza que posso ter além da morte; a certeza de que os levo comigo no sentimento mais nobre e unificado: o amor. Esteja em paz meu pai. Recordo do teu cheiro de afeto ao me por no colo para ouvir os trovões que não me deixavam dormir. De você me ensinar a rezar, dos blocos de desenho e lápis para pintar.

Letícia Spiller falando sobre o pai, morto aos 98 anos

Ela prosseguiu: “Dos nossos recitais de música clássica em casa quando eu era bem pequena. De como você cuidava muito bem de mim sozinho, quando fiquei com medo de puxar o dente que estava mole e você com seu jeito conseguiu me dobrar. Dos nossos longos papos espirituais durante as caminhadas em Teresópolis. Dos conselhos e conversas quando deixei de ser menina para me tornar mulher. Do seu carinho e ternura sempre. Da sua gentileza com as pessoas, da sua paciência, tolerância e respeito à verdade do outro”.

“E tantos, tantos momentos gravados no meu coração. Eu recordo eu recordo eu recordo e sempre recordarei. Antes de fazer a passagem você me disse; obrigado por tudo, obrigado por tudo. E eu digo “obrigada” por tudo pai, obrigado universo por ser sua filha”, completou Leticia na ocasião.