Juliette é criticada após fazer post sobre turnê Ciclone no RS; cantora apagou após repercussão

Juliette anunciou a passagem de sua turnê, Ciclone, por Porto Alegre (RS), estado que foi alvo do fenômeno meteorológico no último mês

Juliette Freire - Foto: Reprodução / Redes Sociais
Juliette Freire – Foto: Reprodução / Redes Sociais

A cantora Juliette Freire foi detonada nas redes sociais após fazer uma postagem sobre a passagem de sua turnê, Ciclone, por Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, estado que recentemente foi alvo do fenômeno meteorológico. Ao todo, 49 pessoas morreram devido às chuvas fortes que atingiram a região.

“Cadê meus amores de Porto Alegre? Dia 14/10 eu estou chegando com a turnê Ciclone e eu quero todo mundo lá. Vai ser lindo!”, escreveu Juliette em publicação no Twitter. Nos comentários, internautas citaram a tragédia e a criticaram pela falha. “Mulher, troca esse nome”, disse uma internauta. “Turnê Ciclone no Rio Grande do Sul é sacanagem”, escreveu outra. “A falta de timing e sensibilidade, meu Deus”, criticou uma terceira pessoa. Após a repercussão negativa, Juliette apagou a publicação sobre o show. Ciclone é nome de uma de suas músicas.

Ela também se retratou para dar um ponto final a polêmica. “Aprendi em minha vida que ser nobre é reconhecer nossos próprios erros. Então, peço profundas e sinceras desculpas pelo tweet inoportuno e equivocado sobre a minha turnê no Sul”. Ela acrescentou que “medidas estão sendo tomadas para que esse erro não aconteça novamente”.

Em outra rede social, a artista divulgou uma campanha de arrecadação para os desabrigados após as enchentes que atingiram o estado. “Vamos continuar ajudando! Atitudes valem mais que palavras”, postou Juliette Freire. Em Muçum e Roca Sales, pessoas precisaram ficar nos telhados à espera do resgate. A Defesa Civil estima em 357.201 o número de pessoas afetadas, no total, pelo ciclone extratropical que atingiu o estado.