Em entrevista, Bruna Surfistinha revela que sua mãe não quer mais contato com ela

A ex-garota de programa e atual escritora, Bruna Surfistinha, revelou durante conversa em podcast alguns detalhes de sua vida.

Bruna Surfistinha - Foto: Reprodução / Instagram
Bruna Surfistinha – Foto: Reprodução / Instagram

Bruna Surfistinha, nome artístico de Raquel Pacheco, cedeu uma entrevista ao podcast “Acompanhadas” e revelou que não tem mais nenhum contato com sua mãe. Mesmo após o nascimento de suas filhas gêmeas, a escritora e empresária comenta que não houve uma reaproximação.

Meu pai faleceu em 2012 e desde então… A última vez que eu conseguia um contato foi em 2018, por telefone, para nunca mais. A gente nunca mais se viu pessoalmente, só por telefone. E ela deixou claro: vai viver tua vida“, disse a empresária durante a conversa.

A autora do livro “O Doce Veneno do Escorpião” ainda comentou, durante a mesma entrevista, que na época em que era garota de programa, sua preferência sempre foi por homens mais velhos: “Eram os quarentões, eu amava os homens mais velhos, era meu público preferido porque sexualmente falando eram os melhores, sabiam o que estavam fazendo e respeitavam“.

Bruna Surfistinha diz quais eram seus clientes preferidos na época em que fazia programa

A escritora ainda revelou que muitos homens queriam apenas conversar durante os programas: “Eu digo com relação às experiências que eu tive. Eu me sentia mais psicóloga do que garota de programa. Várias vezes eu tive cliente que chegavam e eu oferecia uma bebida e aí, conversando, muitas vezes o tempo acabava e não tinha feito sexo. A gente só tinha conversado“.

A famosa ainda conta que chegou a receber propostas de jantares e viagens, porém, preferia atender os clientes no local de trabalho: “Eu preferia fazer atendimento no flat, não gostava de sair, tinha muita preocupação com relação a motel. Porque no flat todo mundo sabia que eu fazia programa“.