Novas placas de vídeo da AMD e Nvidia não conseguem aquecer mercado

Cenário do mercado das placas de vídeo vive dias de horror.

Novas placas de vídeo da AMD e Nvidia não conseguem aquecer mercado

As grandes marcas produtoras de placas de vídeo como a AMD e a Nvidia estão experimentando um verdadeiro pesadelo comercial. O motivo é bastante simples: as novas placas das séries RX 7000 e RTX 40 estão encalhando aos montes nas prateleiras dos lojistas. A arquitetura Ada Lovelace e RDNA 3 não trouxeram avanços significativos em relação à geração anterior, além do preço sendo uma das principais reclamações dos consumidores.

A primeira fonte do MLID, de fora dos Estados Unidos, revelou que as vendas das GeForce RTX 3060 e 3050 continuam seguindo bem, assim como as placas de vídeo Radeon RX 6700 XT e 6600 XT. Elas tem em comum apenas um detalhe: o preço abaixo da faixa de US$ 300.

Todas as novas placas estão saindo com preços incompatíveis em termos de custo x benefício, além de não oferecerem saltos relevantes de rasterização bruta entre as gerações. Até mesmo a única placa gráfica que oferece uma evolução expressiva, a RTX 4090, não está movimentando vendas.

Para movimentar as vendas, a topo de linha da AMD RX 7900 XTX, quando vendida abaixo de US$ 900, consegue ter um bom escoamento, de acordo com um lojista norte-americano.

O que está vendendo?

De acordo com as fontes citadas no vídeo indexado na matéria, as únicas placas gráficas da atual geração que despertam interesse no consumidor são as Radeon RX 7900 XTX e XT, assim como a NVIDIA segue bem com a GeForce RTX 4070 e sua versão “Ti”. 

Uma fonte informa, porém, que a situação é bastante grave para lojistas menores que dependem muito da receita da venda de GPUs. A estagnação do mercado é tamanha que muita gente está falindo. A previsão atual com o lançamento da RTX 4060 também não é nada animadora, com a GPU sendo bastante criticada por trazer um salto de geração pouco expressivo.