Diretor de Elvis faz promessa caso corte de quatro horas do filme seja lançado

O cineasta pretende lançar seu corte com imagens específicas solicitadas por fãs

Elvis/Warner Bros./Reprodução
Elvis/Warner Bros./Reprodução

Reafirmando a existência de um corte de quatro horas descartado para a cinebiografia de Elvis, em entrevista, diretor do filme faz promessa animadora caso versão venha a ser lançada algum dia.

Lançado nos cinemas durante o início do segundo semestre desse ano, o aclamado longa-metragem da Warner Bros. caiu nas graças dos fãs rapidamente, especialmente pela ótima atuação de Austin Butler no icônico papel do Rei do Rock N’Roll, além de revisitar os momentos mais marcantes e difíceis na vida e carreira de Presley.

Conversando com a IndieWire, o diretor Baz Luhrmann retornou a falar sobre o seu tão desejado corte de quatro horas para Elvis, e prometeu que caso o projeto completo venha a ver a luz do dia, esta contará com as performances completas de Butler como o artista, ao invés de pequenos pedaços como apresentado no filme que chegou as telonas.

“[…] Há muito material que chega facilmente a quatro horas… Austin fez seus shows completos. Ele fez todos os números. Ele basicamente acabou de fazer isso e foi uma experiência fora do normal vê-lo fazer aqueles shows completos, então um dia eu vou reuni-los e por neste corte.”

Detalhes por trás das câmeras de Elvis

Além de Austin Butler dando vida ao lendário artista título, o elenco ainda conta com nomes como Tom Hanks interpretando o empresário e coronel, Tom Parker, Olivia DeJonge como Priscilla Presley, Dacre Montgomery, Kodi Smit-McPhee e entre outros.

Enquanto isso, a cinebiografia de Elvis já se encontra disponível para reprodução no streaming do HBO Max.