Alguns lançamentos de filmes são interrompidos na Rússia

Isso se deve pela crise humanitária na Ucrânia.

Filmes barrados na Rússia: "Morbius", The Batman" e "Turning Red"
Filmes barrados na Rússia: “Morbius”, The Batman” e “Turning Red” – Reprodução/Internet

Devido os últimos acontecimentos, alguns filmes tiveram seu lançamento barrado na Rússia. Isso por conta da crise humanitária na Ucrânia, causada pelas ações do presidente russo Vladimir Putin. Dentre esses filmes se encontram blockbusters como “Morbius”, “The Batman” e “Turning Red”.

Veja também!

A Paramount Pictures é o mais recente estúdio de Hollywood a pausar o lançamento nos cinemas de seus próximos filmes na Rússia após a invasão do país à Ucrânia na semana passada. Um dos porta-voz do estúdio revela em um comunicado oficial:

“Enquanto testemunhamos a tragédia em curso na Ucrânia, decidimos pausar o lançamento nos cinemas de nossos próximos filmes na Rússia, incluindo ‘The Lost City’ e ‘ Sonic the Hedgehog 2 .’ Apoiamos todos os afetados pela crise humanitária na Ucrânia, Rússia e nossos mercados internacionais e continuaremos monitorando a situação à medida que ela se desenrola”

A Disney, Sony e Warner Bros também emitiram comunicados anteriormente e não permitiram o lançamento de alguns filmes como “Uncharted: Fora do Mapa” e “Morte no Nilo”. A Netflix também está se recusando a transmitir os 20 canais russos que contém no acordo do streaming com o país.

“Tomaremos futuras decisões de negócios com base na situação em evolução”, disse um porta-voz da Disney na segunda-feira. “Enquanto isso, dada a escala da emergente crise de refugiados, estamos trabalhando com nossas ONGs parceiras para fornecer ajuda urgente e outra assistência humanitária aos refugiados.”

De fato, a Rússia não é um território com muito alcance para os filmes, mas os recentes sucessos de bilheteria de grande orçamento tiveram um resultado surpreendente no país. Por exemplo, “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa” lucrou US$ 44 milhões lá, e “Venom: Tempo de Carnificina” faturou US$ 32 milhões no país, tornando-se o segundo maior mercado para esse filme depois da América do Norte.