A versão final de “Argylle” é mais longa que a versão do diretor

Argylle via Apple TV+
Argylle via Apple TV+

O diretor Matthew Vaughn está ansioso com o lançamento de seu novo filme  Argylle – O Superespião que estreia no próximo ano. Ele afirma em entrevista para o Collider, que a nova produção possui um corte final mais longo do que o corte original, permitindo “respirar” e melhorar a experiência de visualização.

“Foi realmente a edição mais fascinante, porque normalmente, quando você edita, o filme fica cada vez mais curto, e então você acha que está curto o suficiente e depois o coloca na frente do público. E é aí que você sempre ouve ‘Ah, é ótimo, mas é um pouco longo’ ou ‘arrasta aqui’ e esse tipo de coisa“, o cineasta afirma comentando sobre a duração do longa.

Quando a história do best-seller da protagonista vira realidade, Elly se encontra em uma teia de mistérios e assassinatos. Acompanhada por Aiden (Sam Rockwell) e Alfie, o gatinho e fiel companheiro de Elly, os personagens correm para estar sempre um passo à frente, enquanto o mundo real e fictício começam a se entrelaçar. O filme estreia em fevereiro nos Estados Unidos e ainda não tem data de estreia oficial no Brasil.

Saiba mais sobre o novo filme “Argylle – O Superespião”

O elenco de Argylle – O Superespião conta com Henry Cavill (série The Witcher); John Cena (Velozes e Furiosos 10); a vencedora do Oscar, Ariana DeBose (Amor, Sublime Amor); a superestrela pop vencedora do Grammy, Dua Lipa (Barbie); Bryan Cranston (série Breaking Bad), vencedor do Emmy e indicado ao Oscar; a vencedora do Emmy, ícone da comédia, Catherine O’Hara (série Schitt’s Creek); Sofia Boutella (Kingsman: Serviço Secreto); e o lendário Samuel L. Jackson. Alfie é interpretado por Chip, o gato da vida real da supermodelo Claudia Vaughn (nascida Schiffer).

Bryce Dallas Howard é Elly Conway, a reclusa autora de uma série de romances de espionagem best-sellers, cuja ideia de felicidade é uma noite em casa com seu computador e seu gato, Alfie. Mas quando as tramas dos livros fictícios de Elly – sobre o agente secreto Argylle e sua missão de desvendar um sindicato global de espionagem – começam a espelhar as ações secretas de uma organização de espionagem da vida real, as noites tranquilas em casa ficaram só na lembrança. Acompanhada por Aiden espião alérgico a gatos, Elly corre pelo mundo para ficar sempre um passo à frente dos assassinos, enquanto a linha entre o mundo fictício de Elly e o mundo real começam a se entrelaçar.