Ozzy Osbourne desabafa sobre Parkinson: “Como andar com botas de chumbo”

Ozzy Osbourne relatou rotina desde que foi diagnosticado com doença de Parkinson

Ozzy Osbourne revelou o assunto durante entrevista
Ozzy Osbourne comentou rotina após diagnóstico da doença – Foto: Reprodução

Ozzy Osbourne fez um desabafo sobre como tem lidado com sua rotina após seu diagnóstico com Parkinson, em meados de 2019, e mencionou os desafios mentais e físicos que precisa enfrentar. Ao The Observer, o astro do rock de 73 anos demonstra frustração.

Você acha que está levantando os pés, mas seu pé não se move. Sinto que estou andando com botas de chumbo“. Por conta da doença, Osbourne ainda lidou com a depressão, durante 2020, logo após o diagnóstico. “Cheguei a um patamar mais baixo do que eu queria. Nada me fazia sentir bem. Nada. Passei a tomar antidepressivos, e eles funcionam bem“.

Mesmo assim, o vocalista do Black Sabbath recebe apoio da esposa, Sharon Osbourne, e da filha, Kelly Osbourne: “Sem minha Sharon, eu estaria acabado. Temos uma pequena briga por vezes, mas, caso contrário, continuamos com isso”, disse ele, que passou por uma “grande operação” em junho, segundo Sharon.

Ozzy aproveitou férias após se curar da Covid-19

Após se recuperar da Covid-19, Osbourne esteve aproveitando a vida, durante viagem ao Havaí ao lado da esposa. O artista apareceu em clima de romance com a amada em um registro compartilhado nas redes sociais. Na imagem publicada por Sharon, os dois trocam beijos enquanto aproveitam uma piscina, em um dia ensolarado, em passeio de férias.

cantor passa uma temporada de folga, após voltar aos palcos no início deste mês em Birgmingham, desde que passou por períodos difíceis. Em entrevista ao The Sun, no início deste mês, Ozzy detalhou sobre ouvir que poderia ficar paralítico pelo resto da vida ao realizar sua primeira cirurgia na coluna em 2019. No mesmo ano, ele ainda foi diagnosticado com a doença de Parkinson, além de sofrer uma queda, agravando sua lesão no pescoço em razão de um acidente de quadriciclo em 2003.