MC Daniel terá que comparecer à Justiça para responder processo por dano moral movido por fã menor de idade

Um menor de idade alega ter sido agredido durante um show do funkeiro.

MC Daniel - Foto: Reprodução/Instagram
MC Daniel – Foto: Reprodução/Instagram

O cantor MC Daniel deverá comparecer em uma audiência virtual de conciliação, nesta quarta-feira (29). O funkeiro está sendo processado por dano moral, em um processo que corre na 2ª Vara Cível do Fórum de Santa Cruz do Rio Pardo desde o começo de março deste ano.

Segundo a revista Quem, o processo é movido por um adolescente de 17 anos, que alega ter comparecido ao show do artista em setembro de 2022, e afirma ter sido agredido pelos seguranças de Daniel, que ainda teria feito chacota de sua situação e incentivado a atitude dos funcionários e pede R$ 91 mil de indenização. Procurada também pela revista Quem, a assessoria de imprensa do cantor não quis se pronunciar sobre o assunto.

A polêmica começou após o jovem subir no palco para tirar uma foto com MC Daniel, mas teria sido impedido e, supostamente, agredido pelos seguranças. O menor de idade ainda teria tentado falar novamente com o cantor, mas os seguranças teriam cometido ainda mais agressões físicas. No processo, o menor de idade alega que MC Daniel incentivou o público presente a filmar o momento, além dele mesmo ter gravado o rosto do adolescente.

Antes da intimação da Justiça, Daniel falou sobre o caso. “Esse moleque aí é um put* de um mongol. Foi pro show bêbado, noia, drogadão, tentou me puxar, saí fora… Os caras, os fãs, deram um cacete nele. Depois ele foi no hotel, achei que ele estivesse armado e falei: ‘Deixa ele encostar para trocar umas ideias’. Encostei e vi que ele não tava. Falei: ‘Por que você fez isso?’. Tenho os vídeos de tudo. Nem bati nele, não fiz nada. Faz tanto tempo que não faço esse tipo de coisa, que parei de ser um bad boy”, afirmou o cantor.