Celebridades que se separaram em 2023

Não faltou casal se separando neste ano.

Preta Gil e Rodrigo Godoy – Foto: Reprodução/Instagram
Preta Gil e Rodrigo Godoy – Foto: Reprodução/Instagram

A separação de celebridades sempre é algo impactante. O término entre Preta Gil e Rodrigo Godoy foi um dos mais polêmicas de 2023. Isso porque um vídeo em que Rodrigo aparecia abraçando uma funcionária da equipe da cantora viralizou em abril. A divulgação dos registros ocorreu logo após Preta anunciar que tratava de um câncer. Em seu Twitter, a artista confirmou que a separação do casal foi antes da descoberta da traição por parte do personal trainer.

Cauã Reymond e Mariana Goldfarb terminaram casamento de 7 anos no dia 19 de abril. Mariana foi a primeira namorada que Cauã assumiu após o fim de sua relação com Grazi Massafera, em 2013. Juntos desde março de 2016, Reymond e Goldfarb se casaram no interior de Minas Gerais em abril de 2019 em uma cerimônia intimista. A apresentadora e o ator terminaram o casamento também de 7 anos no dia 21 de março. Sabrina e Duda se conheceram em 2016 e, logo em seguida, começaram a morar juntos. Em janeiro de 2018, ficaram noivos e, no mesmo ano, divulgaram que estavam esperando um bebê. Os dois são pais de Zoe, de quatro anos.

Fábio Porchat e Nataly Mega anunciaram o fim do casamento de 5 anos em janeiro deste ano. Porchat e Nataly se casaram em uma cerimônia romântica em novembro de 2017 no MAM (Museu de Arte Moderna), no Aterro do Flamengo. A cerimônia foi celebrada pelo filósofo Mario Sergio Cortella. Um dos padrinhos do casal foi o também humorista Paulo Vieira.

O anúncio mais recente das separações envolve o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, e da sua esposa Sophie. Eles informaram sobre o término do casamento de 18 anos na última quarta-feira (2). Trudeau disse que, depois de “muitas conversas significativas e difíceis” com Sophie, “tomamos a decisão de nos separar”. O primeiro-ministro do Canadá pediu que sua privacidade fosse respeitada para o bem-estar de seus três filhos./Com informações da CNN.