Bruna Surfistinha relata agressão de ex: “Aconteceram algumas vezes”

Bruna Surfistinha comentou sobre relacionamento turbulento com o ex-marico, Xico Santos, com quem teve filhas gêmeas.

Bruna Surfistinha - Foto: Reprodução / Instagram
Bruna Surfistinha – Foto: Reprodução / Instagram

Raquel Pacheco, nacionalmente conhecida como Bruna Surfistinha, relatou os motivos que a levaram a dar um fim em seu casamento com Xico Santos, além de contar que foi agredida pelo ex durante o relacionamento. Recentemente, o ex-casal esteve trocando acusações nas redes sociais.

Durante participação no podcast “VêSePod”, a escritora explicou o que viveu com Xico: “Nós nos conhecemos de uma maneira despretensiosa, durante uma gravação. Ele foi me buscar em casa (…) e foi algo rápido, sou muito intensa. Foi um encontro com intensidade e a gente conversava o dia inteiro. Eu me apaixonei muito rápido”. Bruna conta, ainda, que os dois enfrentaram diversos momentos difíceis juntos, até mesmo o desemprego. Em pouco tempo de relacionamento, ela acabou engravidando.

“Até que um dia ele [Xico] encontrou uma conversa com meu ex e estava dormindo. Eu desci e ele estava p* comigo, mas nunca teve nada, nenhuma troca, nudes, nada. E na minha gravidez eu não tive um dia de paz, mas eu fui muito forte. Eu nunca reclamei“, disse a ex-garota de programa, que viu trocas de fotos íntimas dele com outras mulheres. “Apesar de ter dado uns tapas, isso não justifica a agressão que vinha dele. Não era sempre, mas aconteceram algumas vezes. No dia em que minhas filhas nasceram, fomos para o hospital, ele não poderia entrar e deixei o celular com ele. Ele encontrou o e-mail do meu ex e eu fui pro trabalho de parto morrendo de medo. No meu parto, eu não consegui ter paz”. Surfistinha também viu uma conversa do ex em que ele diz que ainda estava com ela porque “queria mídia”.

Em entrevista, Bruna Surfistinha revela que sua mãe não quer mais contato com ela

Bruna Surfistinha, nome artístico de Raquel Pacheco, cedeu uma entrevista ao podcast “Acompanhadas” e revelou que não tem mais nenhum contato com sua mãe. Mesmo após o nascimento de suas filhas gêmeas, a escritora e empresária comenta que não houve uma reaproximação.

Meu pai faleceu em 2012 e desde então… A última vez que eu conseguia um contato foi em 2018, por telefone, para nunca mais. A gente nunca mais se viu pessoalmente, só por telefone. E ela deixou claro: vai viver tua vida“, disse a empresária durante a conversa.