Showrunners de ‘Supernatural’ explicam o retorno de Jeffrey Dean Morgan à série

O episódio 300 de Supernatural será transmitido nos Estados Unidos em 7 de fevereiro, pela CW.

Como já noticiamos há alguns dias, o episódio 300 de Supernatural marcará o retorno da família Winchester completamente reunida.

Além de Dean e Sam, interpretados respectivamente por Jensen Ackles e Jared Padalecki, a série trará de volta Samantha Smith como a mãe dos meninos, Mary, e um dos personagens mais amados pelos fãs: o John Winchester de Jeffrey Dean Morgan.

O motivo é simples, segundo os showrunners Andrew Dabb e Robert Singer: o tema do episódio será “família”. Singer disse:

O 100º episódio foi apenas um episódio.O 200 foi tão especial. Foi ousado e ótimo. Sabíamos que não estávamos indo necessariamente para o topo, então dissemos: “O que deixaria os fãs felizes? O que eles gostariam de ver? Trazer John de volta. Então nós meio que construímos a ideia em torno disso.

O episódio 300 é de muitas maneiras, para Sam e Dean, sobre o lar. Você está lidando com dois caras que, quando essa história começou e para a maior parte do nosso show, nunca tiveram uma casa. Eram quartos de motel e o Impala, e eles teriam um lugar onde ficariam por algumas semanas ou talvez alguns meses de cada vez, mas é bem isso.

Agora Sam e Dean têm uma casa, eles têm uma família, e eles têm o Líbano, e é aí que a ideia começou. Tipo, tudo bem, o que a cidade do Líbano pensa desses caras? E, inversamente, o que Sam e Dean pensam da cidade? E então, quando a idéia de Jeffrey Dean Morgan foi lançada, foi ótimo, porque não só é incrível tê-lo de volta por uma série de razões diferentes, mas é tematicamente consistente porque de repente é sobre casa, é sobre família, é sobre ter aquela família em um jantar, é sobre voltar para casa de uma maneira mais emocional.

O episódio 300 de Supernatural será transmitido nos Estados Unidos em 7 de fevereiro, pela CW.

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.