Switch será o principal hardware da Nintendo em 2024

Há especulações de que a Nintendo planeje revelar publicamente o novo Switch já em março deste ano

Switch será o principal hardware da Nintendo em 2024

Durante a divulgação de seu mais recente relatório fiscal, a Nintendo reafirmou o papel central do Switch como seu principal hardware para o ano de 2024. O presidente Shuntaro Furukawa, embora mantendo-se firme em não comentar sobre os rumores de uma nova plataforma, destacou o sucesso contínuo do console lançado em 2017.

Os números impressionantes revelados no relatório mostraram que o Nintendo Switch ultrapassou as expectativas de vendas no último trimestre, atingindo um total de 139,96 milhões de unidades vendidas em todo o mundo. Essa marca supera significativamente o desempenho do Wii, consolidando o Switch como um dos consoles mais populares da empresa.

Um destaque notável foi o desempenho excepcional do Nintendo Switch no mercado japonês, onde se tornou o hardware dedicado a jogos mais vendido da história, superando até mesmo o icônico Nintendo DS. Com 33,34 milhões de unidades vendidas apenas no Japão, o console demonstra sua grande influência e apelo junto aos jogadores japoneses.

Embora Furukawa tenha optado por não discutir detalhes sobre um possível sucessor do Switch, ele insinuou que mais informações podem ser compartilhadas durante uma próxima reunião com acionistas em maio. Essa reunião poderia servir como palco para revelações sobre o próximo ano fiscal da empresa, potencialmente incluindo detalhes sobre o novo console e seus jogos.

Há especulações de que a Nintendo planeje revelar publicamente o novo hardware já em março deste ano, com um possível lançamento até o final de 2024. Enquanto isso, a empresa celebrou o sucesso contínuo de seus principais títulos, incluindo vendas impressionantes de jogos como The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom, Mario Kart 8 Deluxe e o remake de Super Mario RPG. Embora os números sejam positivos, o declínio gradual no desempenho do Switch destaca a crescente necessidade de uma nova geração de hardware para manter a empresa competitiva no mercado de consoles.