Novo Deus Ex é cancelado e Eidos Montréal demite quase 100

A decisão da Embracer Group de cancelar o novo Deus Ex surpreendeu alguns membros da indústria, incluindo Elias Tourefis

Novo Deus Ex é cancelado e Eidos Montréal demite quase 100

A Embracer Group anunciou mais uma rodada de cancelamentos de projetos, desta vez atingindo em cheio a Eidos Montréal, estúdio por trás da série Deus Ex. O novo jogo da franquia, que estava em desenvolvimento há dois anos, foi oficialmente cancelado, resultando na demissão de 97 profissionais altamente qualificados da equipe.

Em um comunicado divulgado no X (antigo Twitter), a Eidos Montréal explicou que fatores como o “contexto econômico global” e as “mudanças na indústria” foram determinantes para a decisão de realizar uma “reestruturação”. A desenvolvedora destacou seu compromisso em apoiar todos os profissionais afetados por meio deste difícil processo.

“Essas pessoas bastante talentosas e altamente experientes estão entrando no mercado de trabalho, e queremos que elas encontrem seus novos projetos e estamos ajudando nisso. Conforma navegamos por esses tempos difíceis, o bem-estar de nosso time é nossa prioridade, assim como o compromisso contínuo a criar games que jogadores vão conseguir aproveitar no futuro próximo”, afirmou a Eidos Montréal.

Com o cancelamento do novo Deus Ex, ficou sem definição em qual projeto a Eidos Montréal está atualmente envolvida. Até 2022, o estúdio possuía pelo menos 481 membros em sua equipe, conforme registrado no LinkedIn. Recentemente, a Eidos Montréal lançou o bem-avaliado, mas subestimado, Marvel’s Guardians of the Galaxy.

A decisão da Embracer Group de cancelar o novo Deus Ex surpreendeu alguns membros da indústria, incluindo Elias Tourefis, o ator responsável pela voz de Adam Jensen nos títulos mais recentes da franquia. Tourefis comentou que nunca soube oficialmente sobre o novo jogo e expressou mais preocupação com as demissões em massa. “Estou mais irritado por todas as pessoas sendo demitidas. Essa indústria está ferrada com essas coisas”, disse o ator.

A indústria de jogos tem enfrentado uma série de desafios recentes, com demissões e cancelamentos afetando estúdios de todos os tamanhos, destacando a natureza volátil e competitiva desse setor.