Marvel’s Spider-Man 2 quase custou US$ 400 milhões

Marvel's Spider-Man 2 está disponível exclusivamente no PS5.

Marvel's Spider-Man 2 quase custou US$ 400 milhões

O recente vazamento de dados da Insomniac Games trouxe à tona uma série de informações sensíveis, incluindo detalhes sobre o orçamento de seus jogos mais recentes e os planos futuros do estúdio. Entre os destaques, foi revelado que Spider-Man 2, lançado pela Sony, teve um custo de produção de impressionantes US$ 390 milhões.

O documento vazado também aponta que, dos jogos recentes da Insomniac, apenas Ratchet & Clank: Rift Apart não atingiu o retorno de investimento esperado, ficando 10% abaixo. Em contrapartida, Spider-Man 2, cuja expectativa de venda é de 10,5 milhões de unidades, já ultrapassou os 5 milhões nos primeiros meses após o lançamento, indicando que a meta total pode ser alcançada.

Surpreendentemente, o vazamento revela que Spider-Man 3, próximo projeto do estúdio, terá um orçamento ainda mais substancial, totalizando US$ 555 milhões. A estimativa de vendas para o jogo é ambiciosa, almejando 14,5 milhões de cópias e um retorno de investimento de 75%.

Além dos números financeiros, o vazamento incluiu informações sobre outros projetos da Insomniac Games. O roadmap revela que Marvel’s Venom está programado para 2025, seguido por Wolverine em 2026. Saltando para 2028, Spider-Man 3 entra em cena, seguido por um novo título de Ratchet & Clank em 2029. O ano de 2030 reserva um jogo de X-Men, e além disso, o estúdio planeja lançar uma nova IP, cujos detalhes ainda não foram divulgados.

O vazamento também forneceu vislumbres de trechos de gameplay de Wolverine, um jogo ainda em estágios iniciais de desenvolvimento, assim como informações sobre ambientações, detalhes de assets do cenário e mais. Até o momento, nem a Sony nem a Insomniac Games se manifestaram sobre os vazamentos, que se somam a uma série de incidentes semelhantes que marcaram o ano de 2023 na indústria de jogos.