Call of Duty de 2025 pode ser sequência de Black Ops 2

Recentemente, uma pesquisa revelou que Modern Warfare III superou The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom

Call of Duty de 2025 pode ser sequência de Black Ops 2

Rumores recentes indicam que o próximo título da franquia Call of Duty, supostamente chamado internamente de Saturn e marcado como Call of Duty 2025, trará a série de volta ao cenário futurista. Previsto para o ano de 2030, o jogo dará continuidade à narrativa apresentada em Call of Duty: Black Ops 2, lançado em 2012 e considerado um dos títulos mais populares da franquia.

Após uma ausência do cenário futurista desde o lançamento de Call of Duty: Black Ops 4 em 2018, parece que a Activision está pronta para explorar novamente esse ambiente. Rumores indicam que Call of Duty 2025 está passando por significativas melhorias no sistema de movimento, visando proporcionar uma experiência mais fluida e dinâmica aos jogadores.

O jogo está sendo desenvolvido como um produto totalmente novo, o que levanta a possibilidade de não incluir um sistema de transferência de armas, skins e outros itens cosméticos de títulos anteriores da franquia. Contudo, essas informações ainda aguardam confirmação oficial por parte do estúdio.

O retorno de mapas clássicos é esperado, incluindo versões remasterizadas de locais icônicos de Black Ops 2, como Standoff e Aftermath. Além disso, o jogo pode reintroduzir o popular sistema “Pick 10”, permitindo aos jogadores uma personalização estratégica e mais liberdade na criação de suas classes.

Rumores também apontam para o retorno do modo zumbis baseado em rodadas, uma característica que ganhou destaque entre os jogadores da franquia. Entretanto, até o momento, a Activision não divulgou detalhes oficiais sobre esses elementos.

Enquanto Black Ops 2 permanece como um dos principais títulos da série, outros lançamentos mais recentes continuam a ter sucesso. Recentemente, uma pesquisa revelou que Modern Warfare III superou The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom para se tornar o segundo jogo mais vendido do ano, destacando a contínua popularidade da franquia Call of Duty.