Whoopi Goldberg defende ausência de “Barbie” nas principais categorias do Oscar 2024

Atriz e vencedora do Oscar, Whoopi Goldberg fala sobre as críticas e destaca a subjetividade na avaliação de filmes

Whoopi Goldberg - Foto: Reprodução
Whoopi Goldberg – Foto: Reprodução

A atriz Whoopi Goldberg, vencedora do Oscar em 1991 como melhor atriz coadjuvante por seu papel em “Ghost” (1990), detonou as críticas crescentes ao Oscar de 2024 pela ausência do filme “Barbie” nas categorias de melhor atriz (Margot Robbie) e melhor direção (Greta Gerwig).

O longa, que está concorrendo em oito categorias, incluindo melhor filme, gerou descontentamento entre fãs e membros da equipe de produção. Goldberg expressou sua opinião sobre o assunto durante o mais recente episódio do programa “The View”, no qual ela é uma das debatedoras.

Ao ser questionada sobre a ausência de “Barbie” nas indicações, Goldberg respondeu de forma enfática: “Não há nada disso de ‘esnobado’. As pessoas precisam ter isso em mente: nem todo mundo ganha prêmio e é sempre subjetivo. Filmes são subjetivos. Os filmes que você ama talvez não sejam os filmes amados pelas pessoas que votam”.

Ao contrário de Whoopi Goldberg, personalidades defendem Barbie

Margot Robbie sorridente como Barbie
Barbie/Oscar 2024 (Reprodução: Warner Bros. Pictures)

A atriz, com sua história no Oscar, destacou a subjetividade nas avaliações cinematográficas. Goldberg venceu em 1991 e foi indicada em 1986 por “A Cor Púrpura” (1985).

Diversas personalidades, incluindo a atriz America Ferrera, o ator Ryan Gosling e a ex-Primeira-Dama Hillary Clinton, expressaram descontentamento com a ausência de Margot Robbie e Greta Gerwig entre os indicados. “Barbie” foi um blockbuster em 2023, arrecadando mais de US$ 1,4 bilhão nas bilheterias mundiais.

O debate sobre as indicações e a representatividade continua sendo um ponto central nas discussões sobre premiações cinematográficas. Assista ao trailer da obra para ter uma visão mais aprofundada do sucesso de público.