Pré-venda de As Marvels não se sai bem, e previsão de abertura em bilheterias é revelada

As Marvels reunidas em pôr do sol
As Marvels (Reprodução: Disney)

O primeiro filme de Capitã Marvel foi bem-sucedido em bilheterias quando lançado em 2019, apesar de sua trama não ter caído nas graças de grande parte do público, sucesso este que parece não estar nem perto de se repetir em As Marvels, sequência da heroína que começou com uma pré-venda abaixo do esperado, segundo relatório.

De acordo com novos dados divulgados pelo site BoxOffice, a arrecadação em pré-venda de As Marvels teve uma queda preocupante de 69% abaixo de filmes da Marvel Studios como Guardiões da Galáxia Vol. 3, além de ter um desempenho inferior de 42%, se comparado com Eternos. Previsões apontam que a sequência pode ter uma abertura entre US$ 50 e 75 milhões, em seu primeiro fim de semana.

Levando Brie Larson novamente às telas como a protagonista de sua nova história como Carol Danvers, a trama acompanhará a Vingadora tendo de se unir a antigos e novos aliados, quando uma ameaça Kree está surgindo dos confins da galáxia, além de uma ligação inesperada com outras heroínas, vista brevemente na cena pós-créditos de Ms. Marvel.

Com um orçamento estimado em US$ 219,8 milhões, no Brasil, As Marvels estreará nos cinemas em 9 de novembro de 2023, com direção assinada por Nia DaCosta. O elenco é formado por Brie Larson no papel principal, Teyonah Parris como Monica Rambeau, Iman Vellani como Ms. Marvel/Kamala Khan, Samuel L. Jackson como Nick Fury e Zawe Ashton